top of page

Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em Condomínios

Não é novidade para ninguém que desde o início do século XXI (vinte e um) os assuntos envolvendo questões ambientais se tornaram trending topics (tópicos de tendência). Devido a esse fato, muitas novidades na área da Gestão Ambiental surgiram, visando resolver problemas que, até então, não eram considerados graves.

É importante ressaltar dois assuntos principais: a reciclagem e o manejo de resíduos sólidos. Ambos os assuntos surgem como possíveis formas de melhorar a situação da poluição no planeta terra.

O que é PGRS?

A sigla PGRS significa Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Ele é um documento técnico que indica o manejo, quantidade, formas de transporte, tratamento, reciclagem, destinação, entre outros processos para lidar com os resíduos sólidos de forma ambientalmente correta.

Como um PGRS pode ser aplicado a um condomínio?

Por lei, um condomínio residencial comum não é obrigado a apresentar tal plano para o seu funcionamento. Porém, as ideias contidas em PGRS podem ser benéficas para o manejo dos resíduos comuns desse tipo de empreendimento.

As vantagens listadas podem ser muitas e variam de caso para caso. Porém, na grande maioria dos casos os principais benefícios, além da cooperação com um meio ambiente sustentável, são cooperar para um ambiente mais limpo e evitar possíveis multas por descarte, manejo, transporte, dentre outros procedimentos indevidos.

Resíduos Sólidos no Brasil

No Brasil, pouco se sabe sobre a destinação dos resíduos, popularmente conhecidos como “lixo”. Além disso, a reciclagem ainda não é amplamente disseminada, o que acaba acarretando em muitos materiais desperdiçados.

Fonte: Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2016 – ABRELPE

Com a implementação de um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em um condomínio, seria possível trabalhar essas questões de forma correta, informar os moradores sobres as vantagens da reciclagem, instruir os trabalhadores sobre como manejar os materiais, e por fim, integrar a coleta seletiva e a destinação correta dos resíduos orgânicos e inorgânicos.


Comments


bottom of page