top of page

Certificação Ambiental

O que é a Certificação Ambiental?

A certificação ambiental é uma ferramenta na qual comprova que a empresa respeita os dispositivos legais ambientais no seu processo produtivo, desde o início com a matéria-prima até a disposição dos resíduos. Dessa maneira, certifica de que os produtos possuem um diferencial produtivo: a realização de seus produtos/ serviços sem prejuízos para o meio ambiente.

O certificado pode ser obtido tanto por empresas quanto por prestadores de serviços, desde que atendam à legislação ambiental e os procedimentos exigidos pelo órgão certificador.

No Brasil, os principais órgãos certificadores são: o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Outras certificadoras da área ambiental são o Instituto Biodinâmico (IBD), o Ecocert, o Instituto de Mercado Ecológico (IMO), o Conselho Brasileiro de Manejo Florestal (FSC) e o Imaflora.

Dos principais selos ecológicos do mercado, podemos citar:

  1. FSC (Forest Stewardship Council) : Certifica áreas e produtos florestais, como madeira bruta, móveis, lenhas, papel, nozes e sementes. É um dos selos verde mais reconhecidos em todo o mundo, com presença em mais de 75 países e todos os continentes. Ele exige que a operação florestal seja feita de maneira ecologicamente correta, socialmente justa e economicamente viável.

  2. ISO 14001 : Certifica o sistema de gestão empresarial de empreendimentos, devendo a empresa usar os recursos naturais de forma racional, preservar a biodiversidade, conservar as florestas, etc.

  3. LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) : Certifica áreas e produtos florestais, assim como a FSC. Sendo a certificação de edifícios mais conhecida no Brasil, ele se relaciona a edificações que minimizam impactos ambientais, tanto no processo de construção quanto no seu uso. Considera como critérios: uso de materiais renováveis, eficiência energética, uso racional de água e controle da poluição durante a construção.

  4. Processo AQUA: Certifica prédios e outras edificações que garantem tanto o processo de construção civil quanto o ambiente construído sendo sustentáveis.

  5. Rainforest Alliance Certified: Certifica produtos agrícolas que foram obtidos através do respeito à biodiversidade e aos trabalhadores rurais envolvidos no processo. Além de possuir aceitação no Brasil, também o é na Europa e EUA.

  6. IBD (Instituto Biodinâmico): Certifica produtos orgânicos da agricultura, pecuária, fibras, aquicultura, extrativismo, cosméticos, vinhos e produtos de limpeza, para adquiri-la são exigidos uma série de critérios da produção, como por exemplo: a desintoxicação do solo para áreas em transição de agricultura química para orgânica, não utilização de adubos químicos e agrotóxicos, obediência a aspectos ecológicos, dentre outros.

  7. ECOCERT: Certifica produtos orgânicos, como agricultura e produção orgânica, cosméticos naturais e orgânicos e outros produtos ecológicos nos quais 95% dos ingredientes totais sejam de origem natural ( obtidos através de recursos renováveis).

  8. Inmetro / Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) : Certifica equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos, como também edifícios em relação à eficiência energética. Ele atesta aparelhos que sejam mais eficientes no uso de energia, dentro da categoria. A empresa interessada deve consultar a associação de classe a que pertence para saber se o produto que fabrica ou comercializa está de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), se estiver, deve então contatar o Inmetro e pedir sua inclusão no Programa, se o produto for aprovado no ensaio e tiver atendido os critérios do Procel, recebe o selo.

Qual é sua importância?

Atualmente, há uma exigência no mercado, tanto por clientes quanto devido a leis ambientais, que as organizações garantam a qualidade e transparência no seu processo produtivo, principalmente nos 3 pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. Então obter uma certificação é uma vantagem competitiva.

Ademais, a certificação ambiental garante maior qualidade do produto ou do serviço, otimiza o processo produtivo, dá acesso a novos mercados, contribui para a entrada de novos nichos de mercado com alta exigência ambiental, facilita o acesso a algumas linhas de crédito e melhora a imagem da empresa para os consumidores (estratégia de marketing).

Comentarios


bottom of page